Acessibilidade | Contraste | ? Dúvidas Frequentes | Mapa do Site

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cultura > Encontro ‘Mulherio das Letras’ começa quinta na Fundação José Américo

Notícias

Encontro ‘Mulherio das Letras’ começa quinta na Fundação José Américo

Marcos Russo A equipe organizadora do evento que vai reunir escritoras do Brasil inteiro de 12 a 15 de outubro, na capital

A equipe organizadora do evento que vai reunir escritoras do Brasil inteiro de 12 a 15 de outubro, na capital

 
Linaldo Guedes

Cerca de 500 escritoras de todo o país estarão a partir de hoje em João Pessoa. Elas serão responsáveis pelo lançamento de pelo menos 38 livros entre os dias 12 e 15 deste mês. É o Mulherio das Letras, que faz seu primeiro encontro nacional na capital paraibana, a partir das 17h de hoje, na Fundação Casa de José Américo, com palestra da escritora Conceição Evaristo sobre “Maria Firmina dos Reis e as mulheres negras nas literaturas brasileiras”. A noite de abertura tem, ainda, apresentações das cantoras Socorro Lira e Gláucia Lima. O Mulherio tem parceria com o jornal A União, Fundação Espaço Cultural (Funesc), Secretaria de Cultura do Estado da Paraíba (Secult), Moenda Arte e Cultura e Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e FCJA.

O evento promete ser histórico. E não apenas pelos números divulgados acima. Mas porque pela primeira vez se realiza um encontro nacional para discutir a literatura feminina e outros temas que interessam ao universo das escritoras brasileiras. Maria Valéria Rezende, escritora santista radicada na Paraíba, teria sido a idealizadora do evento. Regionais do Mulherio das Letras foram realizadas em diversos estados do Brasil este ano.

Mabel Dias, que integra a organização do evento, informa que os livros que serão lançados no evento são no gênero poesia, romance, infanto-juvenis, contos, crônicas, antologias, coletâneas e teóricos. Os livros infantojuvenis serão lançados a partir das 14h na Biblioteca do Espaço Cultural. Entre as escritoras que estarão fazendo lançamentos, está a Ciça Lessa, de São Paulo. Ela estará relançando o livro “Cacos”, momentos que fi(n)cam”, pela editora Amora e a versão pocket artesanal do livro “Verdades de uma escritora”, do Coletivo Literatura Clandestina. A escritora também participa da coletânea de contos, “Mulherio das Letras”, organizada pela Henriette Enfenberger, e vai ministrar uma oficina sobre práticas pedagógicas da escrita e da leitura com foco nas interfaces com as questões sobre do espaço/lugar dado a autoria de mulheres.

Sabrina Alento Mourão, Patrícia Vasconcelos, Rosângela Vieira Rocha, Joana Belarmino, Mariana Matos, Berenice Sica Lamas, Clara Arreguy, Cristiane Nóbrega, Stela Marys Rezende, Leonor Cione e Mazé Torquato Chotil são outros nomes da literatura brasileira que vão lançar seus trabalhos durante o Mulherio das Letras.

Segundo Mabel Dias, em conversas entrelaçadas em eventos literários, becos, bares e calçadas, começou a surgir entre as mulheres a ideia de juntar o Mulherio das Letras com o objetivo de ampliar e intensificar as conversas. “Tudo começou com uma ideia da escritora Maria Valéria Rezende, ideia que se alastrou pelo Brasil e pelas redes sociais. Hoje somos mais de 5.000 mulheres em um grupo do facebook, além de muitos grupos regionais. Discussões e debates necessários vieram a tona, amadurecendo e aprofundando as questões das mulheres relacionadas a produção, jornalismo, literatura, poesia, pesquisa, educação, empoderadas de suas falas e demandas”, explicou.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41