Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cultura > Primeira HQ pós-Marvel de Mike Deodato chega ao Brasil

Notícias

Primeira HQ pós-Marvel de Mike Deodato chega ao Brasil

*por André Cananéa


Beserker Unbound, primeira história em quadrinhos de Mike Deodato após o fim de seu contrato com a Marvel, chegará às livrarias nacionais em fevereiro através da editora Mino. A informação foi confirmada pelo desenhista paraibano, que não soube dizer qual será o título no Brasil. “Beserker é algo como fúria, surto. Unbound quer dizer sem amarras, ou libertado. Mas não sei se terá título nacional”, comentou Deodato, em um papo com a reportagem na casa dele, em João Pessoa.

Beserker Unbound é a nova parceria entre o desenhista paraibano, um dos maiores nomes internacionais das HQs, e o escritor canadense Jeff Lemire, um dos roteiristas mais prestigiados da atualidade. O primeiro trabalho dos dois foi em um arco de história do personagem Thanos, em 2017, pela Marvel.

“Ali por volta de 2017 mesmo, Jeff Lemire me perguntou se eu tinha interesse em um trabalho autoral com ele, e eu respondi que sim. Só fiz uma única exigência: que o personagem fosse um bárbaro, porque eu estava doido para desenhar Conan e a Marvel ainda não tinha voltado com ele”, recordou Deodato.

Os dois, que não se conhecem pessoalmente, começaram a trabalhar no projeto no final daquele mesmo ano. Mike Deodato se debruçava sobre seu guerreiro nos fins de semana, já que durante a semana ele precisava produzir para a Marvel. Quando finalizou umas dez páginas, pediu permissão à Casa das Ideias para lançar seu trabalho independente, mas a mega-editora negou, alegando conflito de interesse. E o projeto foi engavetado.

“Fiz (Beserker Unbound) durante um ano, sempre trabalhando nos fins de semana, aí só consegui lançá-lo quando terminou meu contrato com a Marvel. Meu contrato terminou em junho, Beserker Unbound saiu em agosto (no mercado norte-americano, pela editora Dark Horse)".

Em linhas gerais, o enredo narra o encontro entre o guerreiro Beserker (pronuncia-se “bazícar”) com o semteto Joe Cobby, depois que o personagem medieval surge através de um portal temporal nos dias de hoje. Ele vem de um passado de guerras e dor, afinal perdeu a família de maneira trágica. “O centro da história é a amizade que surge entre eles. Mesmo sem que um fale a língua do outro, eles vão descobrindo uma série de afinidades, como o fato de ambos terem perdido suas famílias. Então é uma história sobre amizade e luto”, conceituou.

Beserker Unbound foi lançado nos EUA no segundo semestre de 2019, através de quatro edições, e segundo Deodato, foi bem aceita pelo público. O encadernado em volume único, com capa dura e material extra, está em pré-venda para 3 de março no mercado norte-americano. Sai, portanto, algumas semanas depois que a edição brasileira, que deverá ser bem parecida com a importada, condensando o arco em um único volume. Além da saga do bárbaro, a edição “capa dura”, como é chamada, trará rascunhos e estudos de Deodato e capas variantes, uma delas assinada por Mike Mignola, criador do personagem Hellboy.

A saga do guerreiro Beserker deve render, pelo menos, mais dois encadernados, mantidos em segredo, por enquanto. Mas a parceria Deodato-Lemir não deverá parar por aí. “Há outros projetos em curso que eu não posso adiantar agora”, comenta.

Desenhista paraibano entra para o elenco da AWA

Seis meses depois do fim do contrato do desenhista paraibano com a Marvel, Deodato Borges Filho, nome de batismo do artista nascido em Campina Grande, ainda não teve sossego. Seus projetos independentes vão de vento em poupa e seu nome permanece em evidência na badalada indústria de história em quadrinhos dos Estados Unidos. Além de Beserker Unbound, ele revela que tem na gaveta uma história, fruto de uma parceria com outro nome renomado do universo das HQs, Brian Michael Bendis, autor de HQs do Demolidor e Alias, além de números de Os Vingadores.

Mas um lançamento que certamente vai atrair os holofotes, mais uma vez, para Mike Deodato este ano é o projeto The Resistance. Agendado para ser lançado no mercado norte-americano em 18 de março (não tem previsão de sair no Brasil), o título é o marco zero de um universo de novos super-herois, que surgem para fazer frente à Marvel e à DC, com seus mundos povoados com Homem de Ferro, Capitão América, Batman, Super-Homem, etc.

Apontado pelo jornal The New York Times como uma das oito HQs da temporada, The Resistance parte de uma catástrofe global surgida após um vírus que deixa 400 milhões de mortos. “Entre os sobreviventes, uma parte desenvolve poderes extraordinários. Mas nesse meio, há pessoas boas, pessoas más, pessoas que não sabem que têm poderes, enfim, cada um com uma história, isso tudo em meio a um governo autoritário, parecido com os dias de hoje, que será confrontado por uma resistência”, comentou Deodato, acrescentando que a história será lançada em seis partes.

Desta vez, o paraibano tem como parceiro J. Michael Straczynski, roteirista indicado ao Bafta por A Troca (drama de Clint Eastwood estrelado por Angelina Jolie) e autor de séries para TV, como Sense 8 e Babylon 5. Eles já haviam trabalhado juntos em histórias do Homem-Aranha e Dream Police (inédito no Brasil). “Straczynski é um ótimo roteirista. Ele bota muita emoção nas histórias”, elogia o desenhista.

The Resistance é o primeiro título da recém-criada AWA, editora encabeçada por Axel Alonso e Bill Jemas, respectivamente ex-editor e ex-presidente da Marvel, e Jonathan Miller, com a consultoria criativa de roteiristas, cineastas e escritores do porte de Straczynski, Reginald Hudlin (produtor de Django Livre), Garth Ennis (criador das HQs Preacher e The Boys) e a premiada escritora Margaret Stohl, entre outros, além de um elenco de estrelas, do qual Mike Deodato ocupa lugar de prestígio.

O contrato do paraibano com a AWA prevê, anualmente, dois títulos para Deodato fazer: um da editora, como é o caso de The Resistance, e outro autoral, a escolha do artista paraibano. Este segundo está sendo definido e deverá ser anunciado pela editora norte-americana em breve.

 

*matéria publicada originalmente na edição impressa de 12 de janeiro de 2020.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41