Acessibilidade | Contraste | ? Dúvidas Frequentes | Mapa do Site

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba > Carros servem de lojas para vendas de produtos na capital

Notícias

Carros servem de lojas para vendas de produtos na capital

Evandro Pereira Os produtos expostos para vendas que vão desde acessórios para carros e até brinquedos e piscinas infláveis

Os produtos expostos para vendas que vão desde acessórios para carros e até brinquedos e piscinas infláveis


José Alves

Mesmo sendo uma atividade proibida pelo Código de Postura do Município, diversos motoristas usam seus próprios veículos como lojas no centro da capital e em outras avenidas da cidade para vender vestidos, calças, bolsas, sandálias, bolos, tapiocas, óculos, redes, DVDs piratas, acessórios para carros e até piscinas infláveis para crianças. E muitos deles estacionam seus veículos na zona azul (estacionamento rotativo), a exemplo das ruas Santo Elias e Santos Dumont, onde o fluxo de pessoas é constante. 

Um dos vendedores que não quis se identificar disse estar ciente que seu comércio é ilegal, porque usa constantemente o estacionamento da zona azul para vender seus produtos, mas ressaltou que não tem outro tipo de trabalho para sobreviver. “Na minha van vendo redes, vestidos, calcinha, sutiãn e sandálias, e já faço isso a cerca de cinco anos. Já vieram alguns fiscais da Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedurb) conversar comigo e justifiquei que não tinha outro meio de vida, mas mesmo assim eles mandaram que eu saísse do local, mas sempre volto porque não sei fazer outra coisa, nasci para ser vendedor”, disse o camelô.

Até alimentos são vendidos nos veículos estacionados na zona azul ou em diversas ruas e avenidas da cidade. Alguns desses vendedores também vendem tapioca, castanha, amendoim e sucos para quem quer fazer um lanche rápido. A avenida Getúlio Vargas há anos, virou ponto de venda de acessórios para carros.

Donos de veículos que querem carregadores para celular, tapetes, coberturas para poltronas em couro sintético, capa de direção, protetores de sol, limpadores de para-brisa e diversos outros produtos para veículos já sabem onde encontrar esses produtos, ou seja, na avenida Getúlio Vargas, em frente ao Liceu Paraibano. Um detalhe, os preços dos produtos vendidos por eles são bem mais acessíveis do que em qualquer loja do ramo na cidade.

Sedurb

O chefe de gabinete da Secretaria do Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Eliomar Santos, afirmou que esse tipo de comércio no centro de João Pessoa, em que motoristas estacionam seus veículos e expõem diversos produtos a venda sobre os carros, é ilegal e disse que a secretaria está sempre abordando esses vendedores.

“Alguns inclusive tem os produtos apreendidos pela fiscalização, mas mesmo assim, no outro dia, voltam ao mesmo local para fazer essa prática ilegal. A Sedurb recebe reclamações constantemente, inclusive dos dirigentes da Associação Comercial da capital, mas os vendedores ambulantes são insistentes e voltam a vender seus produtos”, disse Eliomar enfatizando que fiscalizações para coibir esse tipo de comércio é feita praticamente todos os dias, mas infelizmente o número de camelôs é bem maior que o número de fiscais.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41