Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cultura > Chico César participa de show beneficente no Espaço Cultural

Notícias

Chico César participa de show beneficente no Espaço Cultural

por publicado: 10/01/2017 00h05 última modificação: 10/01/2017 09h47
Divulgação Chico César é o idealizador do Instituto Cultural Casa do Béradêro, ONG que deve ser beneficiada com os valores arrecadados durante a apresentação

Chico César é o idealizador do Instituto Cultural Casa do Béradêro, ONG que deve ser beneficiada com os valores arrecadados durante a apresentação


Gregório Medeiros - Especial para A União

De um lado, o entretenimento com seu alto poder econômico de mobilização de massas. Do outro, entidade cultural de base social com alto poder de inserção na comunidade em vulnerabilidade social. Estas são as bases do Instituto Cultural Casa do Béradêro, localizada em Catolé do Rocha, município paraibano, que desenvolve atividades voltadas à música, lutheria e artes recicláveis enquanto principal meio de inclusão social e cidadania. Hoje, Chico César sobe ao palco do Teatro Paulo Pontes, do Espaço Cultural, junto com a Orquestra Gente que Encanta, em show solidário em prol da instituição cultural.

À primeira vista, pode-se pensar que a cultura localizada longe dos centros urbanos, no interior do Estado, não tem a mesma qualidade das que acontecem na capital, mas só à primeira vista. A participação da comunidade na elaboração, gerenciamento e implementação das intervenções socioeducativas da Organização Não Governamental (ONG), por meio de uma organização compartilhada de divisão do trabalho, contribui de maneira essencial para a eficácia das ações como também na capacidade de deliberações das pautas. Esse modelo de organização, com medidas participativas, amplia diretamente os canais de interlocução entre a sociedade e estimula, de forma propositiva e articulada, os diversos atores sociais envolvidos.

Embora haja complexidade de se conquistar um modelo de organização para além do mercado, a instituição realiza atividades culturais a partir de duas vertentes: a primeira é a garantia de direitos, pautado por meio do estatuto da criança e do adolescente; e a segunda é a qualificação profissional com o ensino de um saber. Segundo Aline Leite, gestora da instituição, “a organização não governamental, criada em 1995, realiza formação musical com jovens e adultos através da orquestra ‘Gente que Encanta’, com o foco principal voltado à inclusão social de jovens e adultos em estágio de vulnerabillidade. A perspectiva do instituto é, além de formar músicos, oportunizar que sujeitos em vulnerabilidade social tornem-se protagonistas sociais críticos de transformação de realidades”.

Por não possuir uma regularidade financeira, o instituto tenta sensibilizar empresários, através do clube de parcerias - empresas amigas do béradêro. Esta metodologia de captação de recursos passa a funcionar como instrumento de articulação entre a instituição e a comunidade, e seu potencial de gerar valor através da economia da cultura é trabalhado, enquanto a necessidade de sensibilizar o empresário a financiar o projeto de forma mensal é solucionada, ampliando o debate sobre os novos modelos de organização.

Diante desta perspectiva, a instituição também inova ao criar novas metodologias de organização com a realização uma campanha para arrecadar fundos e assim manter as atividades desenvolvidas. O grupo encontrou no financiamento colaborativo perspectivas para continuar desenvolvendo suas atividades criando uma campanha, na qual doações podem ser feitas através do site www.kickante.com.br/beradero.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41