Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cultura > Mira Maya faz tributo a Amy Winehouse

Notícias

Mira Maya faz tributo a Amy Winehouse

por publicado: 13/02/2016 01h00 última modificação: 12/02/2016 21h58
Alessandro Potter Mira Maya comemora no Café da Usina Energisa dois anos do projeto Woman Sessions

Mira Maya comemora no Café da Usina Energisa dois anos do projeto Woman Sessions


Lucas Silva
- Especial para A União

Paraense de Conceição do Araguaia, que começou a trilhar seu caminho no meio artístico logo na infância cantando nos corais Gazi de Sá e Villa Lobos. Esse é um breve resumo da cantora Mira Maya, que comemora no Café da Usina Energisa dois anos do projeto Woman Sessions com show tributo à cantora britânica Amy Winehouse. A apresentação, que acontece hoje, às 21h, promete trazer ao público grandes canções sucessos de Amy, além de algumas releituras. A entrada para atividade custa R$15 reais na hora, mas quem tiver o nome na lista pode adquirir o ingresso por R$ 10 reais. É importante lembrar que para garantir a sua vaga na apresentação é preciso chegar pelo menos meia hora antes do evento.

“Em julho fará cinco anos da morte dessa estrela icônica da música mundial, por isso resolvi homenageá-la através de uma série de shows que circularão inclusive por outras cidades como Campinha Grande, Natal e Recife”, disse Mira Maya.

Na noite de apresentação sobem ao palco junto à cantora os músicos Emanuel Júnior com seu baixo, Tony Ramalho na bateria, Gustavo Queiroga com sua guitarra, Rivaldo Dias com seu fiel companheiro sax e Jorge Felix como backing vocal. Além da banda, junta-se a ela a participação especial da cantora Nathalia Bellar.

Segundo a cantora mira Maya, ela não queria fazer apenas mais um show, porque seu projeto é muito enriquecedor, tanto pra ela, quanto para os músicos, que têm que mergulhar num universo particular da cantora escolhida de cada edição, numa pesquisa intensa. “Pensando nisso, fizemos questão de “arrumar a casa” da melhor maneira para quem for presenciar esse momento, com uma banda afinada, assim como um som e uma iluminação dignos dessa noite”, completou.

Atualmente, Mira Maya quando não está fazendo tributo a cantores ou em projetos paralelos, apresenta ao público o show “Na Vitrola” que posteriormente será registrado em CD e vinil com suas composições autorais buscando referências na musicalidade presente nas décadas de 60 e 70.

Nas suas canções fica evidente a presença do rock “iê iê iê” dialogando com o hedonismo registrado em blues, baladas e bregas remetendo aos cenários da cidade de João Pessoa, como a Rua da Areia (Lasciva), brigas de amor (Mas não volto pra você) e fim de amizade (Desgosto).

Com sete anos de estrada, já se apresentou em todo Nordeste e em diversos festivais pelo Brasil, além de ter dividido o palco com artistas como Elza Soares, Vander Lee, Fernanda Abreu, Chico César, Flávio José e Kid Abelha.

Conheça a cantora - Em sua jornada com a música, em 2009 Mira lançou seu primeiro disco intitulado “Na Mira”, com canções autorais e parcerias, com base na MPB, o trabalho dialogava com rock, tango, ciranda e outros ritmos. Entre 2011 e 2012, passou a apresentar ao público uma sonoridade que vai do rock às nuances eletrônicas, sem perder suas referências da MPB, se tornando figura presente em Festivais.

Em 2014, a cantora ganhou notoriedade nas redes sociais após apoiar o movimento “Eu não mereço ser estuprada”, manifestando sua posição sobre a polêmica pesquisa do IPEA que apontava que uma grande maioria de homens relacionava estupro as vestimentas das mulheres.

registrado em: , ,

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06