Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Cultura > Oficinas da Funesc contribuem para sucesso da PB no mundo das HQs

Notícias

Oficinas da Funesc contribuem para sucesso da PB no mundo das HQs

por publicado: 08/02/2017 00h05 última modificação: 08/02/2017 00h48
Divulgação A Gibiteca Henfil, localizada no Espaço Cultural, abriga uma variedade de eventos e atividades de capacitação cultural ao longo do ano

A Gibiteca Henfil, localizada no Espaço Cultural, abriga uma variedade de eventos e atividades de capacitação cultural ao longo do ano


Guilherme Cabral

“A produção atual dos quadrinistas paraibanos é bem diversa, com muita coisa de grande qualidade nacional e até internacional”. Foi o que garantiu, para o jornal A União, a coordenadora da área de Quadrinhos da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), Thaïs Gualberto. Alguns desses artistas - que são Shiko, Alzir Alves, Megaron Xavier e Paloma Diniz - participaram, no último dia 28 de janeiro, no próprio Espaço Cultural José Lins do Rego, localizado em João Pessoa, de um bate-papo sobre o tema “Viver de quadrinhos na Paraíba”, ocasião em que puderam compartilhar suas experiências com o público, dentro das atividades da programação da edição de janeiro do Projeto Espaço HQ, desenvolvido pela Funesc. A propósito, também antecipou que uma das ações para a temporada 2017 será a continuidade do trabalho que vem sendo empreendido, a exemplo da abertura, em fevereiro, de inscrição para a realização de Oficina de Quadrinhos para Crianças, que ela ministra com Igor Tadeu desde o ano passado. “Tem dado muito certo”, disse a quadrinista.

A própria Thaïs Gualberto é um exemplo de que é possível alguém se manter, no Estado, trabalhando nessa área de HQ. “Eu vivo de quadrinhos e continuo a trabalhar sem que seja preciso sair da Paraíba”, garantiu, ao ser indagada sobre o tema do bate-papo entre alguns artistas do traço que ocorreu no último sábado, no Espaço Cultural, dentro da primeira edição do projeto da Funesc. “Muitas outras pessoas estão, também, começando a trabalhar com histórias em quadrinhos, o que faz crescer a cena no nosso Estado”, observou ela.

Nesse sentido, uma das atividades que contribuem para estimular o ingresso de mais pessoas na área da HQ é a Oficina de Quadrinhos oferecida pelo projeto da Funesc, que aposta nos novos talentos. Para se ter uma ideia, durante o curso, os alunos aprendem - de maneiras práticas e atrativas - os preceitos básicos para a construção de uma história em quadrinhos; uma introdução à produção de narrativas gráficas, com abordagem cuja prioridade é a construção criativa e o desenvolvimento de uma história em benefício de uma ideia, além de conhecerem algumas técnicas de trabalho e estilos, o que permite a cada participante desenvolver sua liberdade criativa singular.

A edição que ocorreu no último sábado, no Espaço Cultural, foi a 12ª do Projeto Espaço HQ desde seu início, em outubro de 2014. Ao longo desse período, o evento - desenvolvido pela Funesc - tem servido como momento para troca de experiências e interação entre profissionais e consumidores do mercado de quadrinhos. A programação consiste em oferecer atividades regulares, voltadas a esse segmento de produção, além de oficinas, laboratórios, discussões, palestras e vivência entre profissionais e amadores da área.

Um Laboratório de Quadrinhos, ministrado pela própria Thaïs Gualberto, foi a primeira ação inaugural do Projeto Espaço HQ, que agora integra a agenda de eventos permanentes da Fundação Espaço Cultural da Paraíba. E, a propósito, a temporada 2017 vai se estender até dezembro, com atividades mensais, cujo intuito é o de não apenas reunir os interessados no tema para um momento de interação, mas também convidá-los a frequentar as atividades que a Funesc desenvolve na área da história em quadrinhos, as quais têm contribuído para a divulgação e comercialização do trabalho autoral de quadrinistas locais.

Oficina

Já estão abertas as inscrições para alunos veteranos que queiram participar da Oficina de Quadrinhos para Crianças, na faixa etária dos oito aos 13 anos, promovida pela Funesc. A oferta é de 10 vagas por turma. Quanto aos novatos, o prazo de matrícula iniciará na próxima segunda-feira, dia 13. O valor total do curso - que será ministrado por Thaïs Gualberto e Igor Tadeu, no período de março a junho - é de R$ 240, podendo ser pago em parcela única, ou então dividido em duas de R$ 120. Para tanto, é necessário se inscrever presencialmente junto à Diretoria de Desenvolvimento Artístico e Cultural (DDAC) da Fundação Espaço Cultural, das 9h às 12h e das 14h às 16h30. Os pré-requisitos básicos são os de saber ler e escrever, gostar de HQ e ter interesse por desenho.

O objetivo da Oficina, que se realizará na Gibiteca Henfil, é oferecer uma formação para crianças que gostem de desenhar, estimulando, assim, o surgimento de novos quadrinistas na Paraíba. Durante as aulas serão abordados os preceitos básicos da construção de uma história em quadrinhos de forma prática e atrativa para a garotada; introdução à produção de narrativas gráficas, com um enfoque que prioriza a elaboração criativa, o desenvolvimento de uma história em benefício de uma ideia, além de apresentar algumas técnicas de trabalho e estilos, tudo no intuito de estimular a liberdade criativa singular de cada criança. O cronograma da Oficina prevê aulas aos sábados, no turno da manhã, no período de quatro de março a 17 de junho.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41