Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Esportes > Advogado de Neymar nega que Barça tenha pago contratação em prazo ilegal

Notícias

Advogado de Neymar nega que Barça tenha pago contratação em prazo ilegal

por publicado: 05/01/2017 00h05 última modificação: 05/01/2017 08h55
Miguel Ruiz/FC Barcelona Diretores do Barça admitem que fizeram um pagamento em 2011, sendo que só poderiam assinar com Neymar dois anos e meio depois

Diretores do Barça admitem que fizeram um pagamento em 2011, sendo que só poderiam assinar com Neymar dois anos e meio depois


Após a divulgação de gravações e transcrições de depoimentos do caso que revelam que o Barcelona acertou a contratação de Neymar antes do prazo permitido pela Fifa, fazendo um pagamento adiantado considerado irregular pela entidade, o advogado Marcos Motta, que fez a defesa do craque em outro processo, movido pelo Santos na Fifa, negou que o pagamento adiantado de 10 milhões de euros seja aliciamento.

De acordo com o Globoesporte, diretores do Barça admitem que fizeram um pagamento em 2011, sendo que só poderiam assinar com Neymar dois anos e meio depois. A Fifa estipula que um clube só pode assinar com outro time seis meses antes do fim do contrato, e o vínculo do craque com o Peixe ia até agosto de 2014. Mesmo com a anuência do então presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, falecido em 2016, o Barcelona não poderia ter pago os 10 milhões de euros adiantados para o staff de Neymar, valor que foi descrito como um empréstimo.

Motta, porém, não acredita que tenha existido aliciamento. “Não foi uma quebra unilateral de contrato com o Santos. O clube negociou o jogador de acordo com o preço que achou interessante. Me parece absurdo um pedido de indenização quando foi o clube que negociou a venda. Foi uma operação extremamente simples quando se trata de transferência internacional de jogador”, afirmou, em entrevista ao SporTV.

Ainda segundo o advogado, mesmo que os áudios de Rosell e Bartomeu (ex e atual presidente do Barcelona) sejam considerados provas de negociação fora do período previsto pelo regulamento esportivo internacional, Neymar não sofrerá maiores consequências.

“De acordo com as regras da Fifa, o jogador só pode negociar nos últimos seis meses de contrato. Mesmo que essa regra tivesse sido quebrada, o máximo que poderia acontecer seria uma sanção disciplinar de quatro meses de suspensão, algo que eu nunca vi acontecer”, comentou.

Trio em forma

O treinador do Barcelona, Luis Enrique, declarou ontem que o trio ofensivo da equipe, formado pelo argentino Messi, o uruguaio Suárez e o brasileiro Neymar, voltou das férias de fim de ano em melhor forma do que antes da pausa.

“Eles levaram as indicações do que tinham que fazer e as tarefas físicas. Fiquei felizmente impressionado com o que vi na volta, no segundo dia. Voltaram melhores do que foram”, declarou o técnico na última coletiva de imprensa.

“Eles puderam desfrutar, pois todos tivemos dias suficientes de férias. Mas isso não significa que eles não estiveram se preparando”, acrescentou.

Somando todas as competições até agora, o trio MSN já acumula 44 gols nessa temporada: Messi é o artilheiro com 23 gols, enquanto Suárez marcou 15 vezes, e Neymar, 6.

Os três tiveram férias maiores do que o resto da equipe, depois de serem liberados de disputar a última partida do Barça em 2016, com uma vitória por 7-0 contra o Hércules pela Copa do Rei.

A equipe catalã jogará o primeiro jogo de 2016 hoje em Bilbao, contra o Athletic, pelas oitavas de final da Copa do Rei. O Barça venceu as últimas duas edições da competição.

“Janeiro é um mês fundamental. Temos que melhorar nosso nível e ser o melhor time. Tentaremos fechar a temporada dando alegrias ao nosso torcedor”, declarou o técnico.

registrado em: , ,

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06