Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Esportes > Belo tenta esquecer eliminação e focar apenas no estadual

Notícias

Belo tenta esquecer eliminação e focar apenas no estadual

por publicado: 23/02/2018 00h05 última modificação: 23/02/2018 14h48
Raniere Soares O Botafogo partiu para cima do Atlético Mineiro, e foi surpreendido pela rapidez e eficiência dos contra-ataques do Galo de Minas Gerais

O Botafogo partiu para cima do Atlético Mineiro, e foi surpreendido pela rapidez e eficiência dos contra-ataques do Galo de Minas Gerais


Ivo Marques

Não deixar que a goleada de 4 a 0 para o Atlético mineiro e a eliminação frustrante da Copa do Brasil influam no psicológico dos jogadores para os jogos do Campeonato Paraibano e da Copa do Nordeste. Esse é o principal objetivo do técnico do Botafogo, Leston Júnior, nestes dias que antecedem o jogo decisivo do próximo domingo (25) contra a Desportiva Guarabira, em que só a vitória interessa ao Belo, para se manter na luta por uma vaga nas semifinais do campeonato estadual. Leston Júnior já começou a colocar a sua estratégia em ação, logo após a partida contra o Atlético, ainda no vestiário do Almeidão, dando apoio moral aos jogadores e assumindo a culpa pela goleada sofrida.

“Eu quero aqui tirar qualquer responsabilidade dos jogadores pela derrota de hoje. Se há um culpado sou eu. Os atletas se empenharam ao máximo, estão de parabéns, vieram de um jogo desgastante de um clássico contra o Treze, estamos disputando três competições ao mesmo tempo, e mesmo assim se entregaram ao máximo, mas infelizmente não deu. Nós até propomos o jogo, criamos oportunidades, mas caímos exatamente naquilo que mais eu temia, que era o contra-ataque rápido do adversário, pegando nosso time desarrumado lá atrás. Após o segundo gol, o time se descontrolou emocionalmente e facilitou as coisas para o adversário”, disse o treinador.

Indagado se o resultado desastroso dentro de casa não iria influenciar no rendimento da equipe de agora por diante, Leston Júnior disse que não há como misturar as coisas. “Nós jogamos contra um time de série A, com um investimento muito acima do nosso. Nossa realidade é fazer bonito contra as equipes da região, na Copa do Nordeste e no Campeonato Paraibano. Já estou conscientizando os jogadores para esquecer a derrota e manter o foco na Desportiva, que esta sim é a nossa decisão. Ficamos tristes com a derrota e queríamos avançar na Copa do Brasil, mas a nossa realidade principal é esta. O Atlético mineiro é um dos favoritos da Copa do Brasil e tem o objetivo do título, nós não”, acrescentou.

Na tarde desta sexta-feira (23), o treinador comanda um treino técnico-tático, para definir o time que começará jogando contra a Desportiva no próximo domingo, às 16h, no Almeidão. Ele não poderá contar com o atacante Dico, que saiu contundido no primeiro tempo do jogo contra o Atlético mineiro, e o zagueiro André Santos, que ainda não foi liberado para os treinos normais. Allan Dias, sentindo o tornozelo, também passou a ser dúvida.

Depois de três jogos duríssimos em sequência, Alto do Piauí, Treze e Atlético (MG), é bem provável que alguns atletas, com sinais fortes de desgastes físicos, possam ser poupados desse jogo de domingo, apesar da importância de uma vitória para continuar com chances de chegar as semifinais do Campeonato Paraibano. Hoje, o clube está em terceiro lugar no Grupo A da competição, com apenas 16 pontos, atrás do líder Campinense, que tem 19 pontos, e o Nacional, que também tem 16 pontos. O Sousa vem colado com 14 pontos, na quarta colocação, e o Auto fecha o grupo, na lanterna, com apenas 1 ponto conquistado.

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06