Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Esportes > FPF estuda implementar mudanças no calendário de competições e na segunda divisão

Notícias

FPF estuda implementar mudanças no calendário de competições e na segunda divisão

por publicado: 02/03/2017 00h05 última modificação: 02/03/2017 08h38
Divulgação/FPF O presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, confirmou mudanças drásticas no calendário do futebol paraibano para este ano

O presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, confirmou mudanças drásticas no calendário do futebol paraibano para este ano


Ivo Marques

O presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, deverá se reunir, nos próximos dias, com o departamento técnico, para elaborar um calendário completo das competições de base, feminino e da segunda divisão profissional. Segundo o diretor técnico da FPF, Antônio Carlos, o departamento já encaminhou, à presidência, algumas sugestões para a realização das diversas competições.

"Vamos sentar e discutir todos os detalhes para definir o calendário. Nós pensamos em antecipar algumas categorias, já para o primeiro semestre, inclusive o feminino. Mas tudo ainda está em fase de estudo, por isto não posso afirmar nada no momento", disse o diretor.

Sobre a segunda divisão, Basa acredita que deverá ser disputada a partir de julho ou agosto, como aconteceu em 2016. A expectativa é que a competição tenha outra vez 11 clubes, como no ano passado, porém ainda não está confirmado o número de clubes que se classificam para a primeira divisão.

O presidente Amadeu Rodrigues disse ontem que a segunda divisão deverá ter mudanças, assim como está acontecendo nos outros estados. "Por causa do arrocho no calendário e a questão financeira, os campeonatos estaduais da primeira divisão terão de diminuir, o que já vem acontecendo, por exemplo, no Rio Grande do Norte, onde a competição já está sendo disputada com apenas 8 clubes. Em Sergipe, já vai ser assim também. A Paraíba não deverá ser diferente no futuro", disse o presidente.

Segundo Amadeu, a ideia inicial é que este ano suba apenas o campeão da segunda divisão. Como descem dois da primeira divisão, o principal campeonato de futebol do Estado só teria 9 participantes em 2018. A mesma coisa aconteceria na segunda divisão de 2018, reduzindo assim para 8 o número de clubes na divisão especial, em 2019. A partir daí, desceria um e subiria um.

"Tudo isto será discutido com os clubes e os integrantes do departamento técnico da FPF. A verdade é que teremos de nos adequar a esta realidade, e não podemos fugir dela. Esse é o futuro do futebol brasileiro", disse o presidente.

Patrocínio

Em relação ao Campeonato Paraibano da primeira divisão, que está em andamento, os clubes poderão ter uma boa surpresa nos próximos dias. A FPF está empenhada em conseguir patrocínio, e os contatos com grandes empresas já estão bastante adiantados.

"Nós estaremos recebendo, nesta quinta-feira, representantes do departamento de marketing da Caixa, para discutirmos esse assunto. Eu já fiz os primeiros contatos em Brasília, e deveremos fechar um bom patrocínio para o nosso futebol. Outra empresa, cujos contatos estão também bem adiantados, e deveremos fechar nos próximos dias, é a Correios e Telégrafos. Estamos nos movimentando para que o futebol paraibano cresça, e tenhamos cada vez mais melhores competições estaduais e os clubes paraibanos possam nos representar melhor nas competições regionais e nacionais", disse Amadeu.

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06