Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba > Chuvas alagam ruas e água invade estação da CBTU em JP

Notícias

Chuvas alagam ruas e água invade estação da CBTU em JP

por publicado: 12/04/2017 00h05 última modificação: 12/04/2017 09h40
Edson Matos Na avenida Dom Pedro I, a chuva alagou lojas e deu trabalho aos comerciantes

Na avenida Dom Pedro I, a chuva alagou lojas e deu trabalho aos comerciantes


Teresa Duarte

As fortes chuvas registradas na manhã de ontem em João Pessoa causaram transtornos no trânsito, interditaram vias e paralisaram as vendas no comércio. O acúmulo de água em um trecho da Avenida Dom Pedro I alagou algumas lojas e os comerciantes tiveram trabalho para deixar o estabelecimento enxuto. Na Avenida Sanhauá, no Varadouro, a estação da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) foi invadida pela água e o tumulto no trânsito em frente ao local persistiu até o final da manhã.

Conforme a assessoria de imprensa da CBTU, a entrada principal da estação foi interditada e os passageiros precisaram entrar e sair do local por uma porta alternativa. A água acumulou lixo nos trilhos e fez com que a circulação dos trens fosse suspensa por causa da chuva. Na Praça da Independência, pedestres transitavam com água no meio das pernas.

De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), 35 milímetros de chuva foram registrados até as 9h20 de ontem em pontos isolados em João Pessoa. Muito embora tenha chovido bastante, o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, informou que não foram registradas ocorrências de queda de árvores, desabamentos ou deslizamentos, mas afirmou que a equipe do órgão está em alerta para os chamados, destacando que a maior concentração de chuva foi registrada nos bairros de Tambauzinho, Manaíra e Bairro dos Estados.

Reconstituição

Por causa das fortes chuvas de ontem, os exames complementares que seriam realizados no local do acidente que matou duas pessoas no Km 19 da BR-230, na capital, foram adiados.
O gerente operacional de pericias de criminalísticas do Instituto de Polícia Científica da Paraíba, Marcelo Burity, disse que equipes do Núcleo de Criminalística estiveram no local com todos os equipamentos, inclusive scanner 3D, e iniciaram os trabalhos, mas cerca de 40 minutos depois houve a necessidade de serem interrompidos por causa da chuva.

O objetivo, segundo Marcelo Burity, era colher informações sobre a dinâmica do acidente que culminou com a morte de duas pessoas na tarde do último dia 29 de março. As vítimas do acidente foram a guarda municipal Ana Carolina Colaço, 33, que dirigia um Hilux e o motorista do caminhão cegonha, Vitor Rodolfo de Lima Vitorino Miranda, 24 anos.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41