Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba > Comerciantes de fogos de artifício estimam 20% de aumento nas vendas

Notícias

Comerciantes de fogos de artifício estimam 20% de aumento nas vendas

por publicado: 06/06/2018 00h05 última modificação: 06/06/2018 08h24
Evandro Pereira Prefeitura já liberou o alvará de funcionamento para a venda de fogos de artifício em João Pessoa

Prefeitura já liberou o alvará de funcionamento para a venda de fogos de artifício em João Pessoa


Sara Gomes

Com a proximidade dos jogos da Copa do Mundo e festejos juninos, os comerciantes de fogos de artifício de João Pessoa estão otimistas, estimando um aumento nas vendas de 20% comparado ao mesmo período do ano passado. O comerciante Paulo Sorrentino, do Bazar Santo Antonio do Aluízio, afirma que as vendas serão boas devido aos acontecimentos que movimentam a economia “Este é um ano promissor para o aquecimento do produto. Acreditamos que as vendas vão aumentar em torno de 20%, levando-se em conta que, além do São João temos também a Copa do Mundo e o período eleitoral onde a procura pelos fogos aumenta”, afirmou

Segundo informações de José Roberto, proprietário do estabelecimento Lojão São Jorge, a Prefeitura de João Pessoa já liberou o alvará de funcionamento para a venda de fogos de artifício. Ele menciona ainda que a reforma do Estádio Almeidão e a nova estrutura em torno melhorou a segurança e movimento do comércio de fogos de artifício.

O Corpo de Bombeiros realiza a vistoria técnica e verifica se a certificação do estabelecimento está de acordo com as normas de segurança da instituição. Além disso, orienta a população a só comprar em locais que sejam legalizados, que estejam de acordo com as normas de segurança. Recomenda também comprar fogos de artifício na faixa etária adequada da criança. Outra dica também é não soltar os fogos de artifício em ambientes fechados, com grande aglomeração de pessoas ou perto de hospitais e escolas. Outra prática muito comum e que pode ocasionar acidentes e queimaduras é soltar bomba dentro de fogueiras ou objetos fechados como latas de leite.

Para soltar fogos mais perigosos como em shows pirotécnicos é preciso ter o curso blaster pirotécnico oferecido pela Gerência Executiva de Armas e Munições da Secretaria de Segurança e Defesa Social da Paraíba (Seds). A maioria dos fogos de artifício, tanto infantis (macianito, cuspe de dragão, palito de crack e libélula) como para show pirotécnico, é trazida de Minas Gerais. Já os fogos mais vendidos como chuveirinho, track, bomba chinela e cobrinha são produzidos em Guarabira e Pilãozinho.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41