Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba > Feira de serviços da Polícia Civil inicia homenagens ao Dia Internacional da Mulher

Notícias

Feira de serviços da Polícia Civil inicia homenagens ao Dia Internacional da Mulher

por publicado: 04/03/2020 11h18 última modificação: 04/03/2020 11h18

 

Uma feira de serviços no pátio da Central de Polícia, localizada no bairro do Geisel, em João Pessoa, deu início, na manhã desta terça-feira (3), às comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher, promovidas pelo Governo do Estado. A feira denominada “Polícia Civil em rede pelas mulheres” realizou a emissão de documentos, teste de glicemia, aferição da pressão arterial e beleza e estética foram alguns dos serviços disponibilizados.

Na solenidade, a secretária de Estado da Mulher e Diversidade Humana, Lídia Moura, destacou a ampla rede montada pelo Governo do Estado para assegurar os direitos da mulher, principalmente no enfrentamento da violência doméstica. “Nenhum governo, nenhum órgão, nenhuma entidade, ninguém será capaz sozinho de resolver a questão da violência contra a mulher. É preciso uma rede de enfrentamento, que nós temos na Paraíba, uma rede muito sólida”, afirmou.

Maísa Félix Ribeiro, coordenadora das Delegacias da Mulher no Estado, disse que a Paraíba tem se consolidado pela vanguarda em ações de enfrentamento da violência contra a mulher. “No enfrentamento à violência contra a mulher não é apenas uma ação da Polícia Civil. São ações que passam pela Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana, Secretaria da Saúde, da Educação, Poder Judiciário, e nesta ação está o pioneirismo da Paraíba”, enfatizou, lembrando que a participação da população é fundamental, sobretudo denunciando casos de violência doméstica pelo número 197.

Já o delegado-geral da Polícia Civil, Isaías Gualberto, ressaltou que, além das ações do Estado, é fundamental construir uma sociedade de respeito para o combate à violência contra a mulher. “A mulher tem de ser respeitada, tem de ter os seus direitos garantidos. E é justamente o que busca a Polícia Civil justamente com toda essa rede de proteção, uma das mais respeitadas do País”, comentou.

Participaram ainda da solenidade das comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher a delegada adjunta da Polícia Civil, Cassandra Figueiredo; a subcoordenadora da Delegacia da Mulher da 1ª Região; e a coordenadora da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), Graziela Queiroga, entre outras autoridades.

Mulheres beneficiadas – Tão logo foi aberta, já era grande o número de mulheres que buscaram atendimento na feira de serviços oferecida pela Polícia Civil. Emissão de documentos, a exemplo do Registro Geral (RG), aferição da pressão arterial, teste de glicemia e diversas palestras, inclusive promovidas pelo programa “Empreender Mulher”, foram alguns dos serviços realizados em parceria com diversos órgãos e secretarias do Estado, além do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) e Uniodonto.

A autônoma Adriana dos Santos Lima veio resolver uma pendência na Delegacia do Meio Ambiente. Com a mãe, de 73 anos, aproveitou para fazer testes de glicemia e aferir a pressão arterial. “Achei a iniciativa muito importante, porque ficou bastante acessível. Você chega e é logo atendido”, disse.

Já a dona de casa Jamylle Ferreira estava há mais de dois anos sem o Registro Geral (RG). Aproveitou para tirar a segunda via em um estande montado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC). “Sempre adiava o agendamento para tirar a identidade. Com esse serviço, tudo ficou mais fácil”, comentou.

Durante todo o mês de março diversas ações serão realizadas pelo Governo do Estado, sobretudo para conscientizar a população da importância de se combater a violência contra a mulher.

 

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06