Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba > Na Feira do Agricultor: evento estimula consumo de feijão nas refeições diárias

Notícias

Na Feira do Agricultor: evento estimula consumo de feijão nas refeições diárias


A preocupação com o baixo consumo de feijão levou o Conselho Regional de Nutricionistas da 6ª Região e o Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer/vinculada à Sedap), a realizarem, na manhã desta sexta-feira (18), no pátio da sede estadual da empresa, na estrada de Cabedelo, evento para esclarecimento da importância deste alimento nas refeições diárias, com a participação de consumidores da Feira do Agricultor, e de integrantes do CRN-Paraíba. Foi também comemorado o Dia Mundial de Alimentação, que aconteceu nesta semana.

A iniciativa contou com a participação da Coordenação Estadual das Feiras da Agricultura Familiar, constituindo-se em uma oportunidade para nutricionistas falarem da importância de inserir feijão nas refeições, dando informações nutricionais e medicinais que são fundamentais para a saúde das pessoas.

Estiveram presentes, além de representante do Conselho Regional de Nutricionistas, a nutricionista Luciana Martinez, os integrantes da Coordenação das Feiras dos Agricultores Familiares da Emater, Severino Henrique de Lima, Jacileide Andrade e Adalberto Alves. Pelo menos 250 pessoas passaram pela mesa onde eram servidos produtos preparados com feijão, ouviram as explicações e fizeram degustação.

O objetivo foi estimular o consumo de alimentos naturais e minimamente processados que fazem parte da cultura alimentar local, a partir de conversas sobre o consumo de feijão e a relação com a saúde.

“O consumo deste alimento repercute na saúde das pessoas. Esperamos que, com este evento, as instituições comprometidas com a segurança alimentar e nutricional da população ajudem às pessoas a compreenderem a importância de ter uma alimentação saudável com repercussão na sua saúde”, disse a nutricionista Luciana Martinez.

Consumir feijão é um hábito que está diminuindo entre os brasileiros, o que está impactando no crescimento da obesidade e aumentando a prevalência de diabetes e hipertensão. Estatísticas disponibilizadas pelo Conselho, tendo como fonte a Vigitel Brasil, apontam que houve uma redução do consumo de feijão entre os brasileiros, caiu de 76,5% em 2012 para 61,3%, no até o ano de 2016, que são as pesquisas mais recentes disponibilizadas pelo Conselho Regional de Nutricionistas. 

O feijão, que é um grão nutritivo, um alimento promotor da saúde e rico em aspectos culturais e sociais, sempre se destaca por estar presente na refeição das famílias brasileiras em todas as regiões.

Como as demais leguminosas, o feijão é fonte de proteína, fibras, vitaminas do complexo B e minerais, como ferro, zinco e cálcio. O alto teor de fibras e a quantidade moderada de colarias por grama conferem a esse alimento alto poder de saciedade, que evita que se coma mais do que o necessário.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41