Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Paraíba > SES e Unicef realizam capacitação técnica para municípios do Sertão

Notícias

SES e Unicef realizam capacitação técnica para municípios do Sertão

por publicado: 22/10/2019 11h47 última modificação: 22/10/2019 11h47


A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), deu início, na manhã desta segunda-feira (21), ao 5º Ciclo de Capacitação do Selo Unicef. A Paraíba é um dos estados com maior adesão a esta iniciativa, a qual abrange pela primeira vez as Secretarias de Saúde com o intuito de intensificar o trabalho com temas relacionados a crianças e adolescentes. A formação, direcionada a prefeitos e representantes das secretarias de Saúde e Educação de 169 municípios da Paraíba, ocorreu no auditório da Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad). 

A formação parceira entre SES e Unicef promove a capacitação estratégica para dar segmento à programas ligados à valorização da primeira infância, acesso a um pré-natal de qualidade aos direitos sexuais e reprodutivos, como forma de prevenção à gravidez na adolescência (jovens de 10 a 14 anos). De acordo com a especialista em saúde do Unicef, Jane Santos, a Paraíba é um dos estados que teve maior adesão dos municípios no Selo, o que demonstra a preocupação do Estado e dos municípios com a melhoria dos indiciadores, não apenas da saúde, mas em todas as áreas como educação e desenvolvimento humano, que envolvem as crianças e adolescentes.

Jane Santos explica de são abordados os temas e a visão intersetorial proposta pelo selo. “Nós temos neste circuito observado os municípios focando em uma agenda específica para crianças e adolescentes, sem esquecer das demais necessidades. Buscamos uma metodologia que visa acima de tudo dar suporte ao município para que ele cumpra o seu dever constitucional”. Após a capacitação presencial, serão realizados módulos de Educação à Distância (EAD). Ela enfatiza que não há nada diferente do cotidiano, mas que há fragilidades técnicas que precisam ser ajustadas “Não adianta ter bons indicadores em uma área e não ter na outra. É preciso formar uma coalizão entre saúde, educação e assistência para que os indicadores sejam eficientes como instrumento de planejamento”, destaca.

Todos os programas abordados pela iniciativa do Fundo das Nações Unidas vêm em congruência ao trabalho já desenvolvido pelo Estado para a melhoria de indicadores, sobretudo na saúde. De acordo com a chefe do Núcleo de IST/Aids da SES, Joanna Ramalho, é extremamente importante a presença da Secretaria Estadual de Saúde, assim como as Secretarias Municipais nesta capacitação, pois é uma oportunidade de discutir ações conjuntas para o bem-estar do público alvo específico.

Um dos temas abordados foi o da sífilis congênita, que, de acordo com Joanna Ramalho, é um indicador de saúde que precisa ser evidenciado com os municípios. “A sífilis congênita acontece em decorrência de uma mãe que não foi tratada adequadamente durante o pré-natal, são casos evitáveis”, explica. Além desta questão, a sexualidade, o uso de preservativo, AidS, outras ISTs e direitos sexuais serão abordados durante a capacitação. Para ela, a questão da orientação com os jovens precisa ser trabalhada de forma educativa, tanto na atenção básica quanto nas escolas, e a formação como Selo Unicef proporciona este diálogo integrado. A Capacitação do 5º Selo Unicef na Paraíba passará ainda pelas cidades de Campina Grande, Pombal e Patos, entre os dias 22 e 25 de outubro. Dentro do cronograma serão abordados também a prevenção da desnutrição sobrepeso e obesidade, deficiência de vitaminas e o tratamento de refugiados com a conscientização da xenofobia (rejeição de pessoas de outros países).

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41