Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Políticas > Em audiência pública, Câmara de JP discute prevenção e tratamento da psoríase

Notícias

Em audiência pública, Câmara de JP discute prevenção e tratamento da psoríase

por publicado: 25/10/2018 10h37 última modificação: 25/10/2018 10h37
Juliana Santos/CMJP Dia de Conscientização da Psoríase é celebrado anualmente em 29 de outubro

Dia de Conscientização da Psoríase é celebrado anualmente em 29 de outubro


Uma audiência pública foi realizada na tarde dessa quarta-feira (24), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), a fim de debater politicas públicas para a prevenção e o tratamento da psoríase, uma doença inflamatória, crônica, imunomediada, sistêmica e que acomete, principalmente, a pele e as articulações. A discussão foi proposta pelo vereador Lucas de Brito (PV), que presidiu os trabalhos.

O Dia de Conscientização da Psoríase é, anualmente, abordado em 29 de outubro. A doença inflamatória não é contagiosa, mas seus portadores reclamam do impacto negativo na qualidade de vida, devido ao preconceito. 

Lucas de Brito fez um breve histórico sobre as discussões, na Casa, que tiveram como tema a psoríase, alegando que na legislatura passada as audiências foram mediadas pelo então vereador Santino, que ao deixar o mandato pediu que o assunto não deixasse de ser pauta na CMJP. 

“Renovando o compromisso com Santino, estamos mais uma vez aqui para debater políticas públicas de prevenção e tratamento desta doença, que ainda sofre tanto preconceito devido a falta de conscientização”, argumentou o vereador.

A presidente da Associação dos Amigos e Portadores de Psoríase, Tereza Cristina, informou que o Centro de Referencia de Psoríase do Estado da Paraíba, que funciona dentro do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), no Departamento de Dermatologia, recebe pacientes de toda Paraíba e de estados vizinhos.

Tereza Cristina, então, fez um apelo aos poderes públicos para obter apoio para esses pacientes que não têm condições de se manterem na Capital. “Precisamos ajudar nossos irmãos que necessitam de alimentação, remédios, exames e de um espaço para permanecer na cidade enquanto estiverem em tratamento”, ensejou.

Mundo está voltado para conscientização da doença

A dermatologista Esther Palitot, coordenadora do Centro de Referência de Apoio e Tratamento de Psoríase na Paraíba, explicou que o Brasil, e o mundo, estão voltados para ações de conscientização em relação à doença. Ela agradeceu o apoio da Secretaria Estadual de Saúde que tem contribuído no auxílio aos pacientes em tratamento da psoríase.

A médica esclareceu que a psoríase é uma doença sistêmica. “Está associada a determinadas doenças. O portador de psoríase vai desenvolver, com frequência maior do que aqueles que não têm tal condição, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, aumento do colesterol, diabetes e obesidade, entre outras”, alertou.

A coordenadora do Centro Especializado de Dispensação de Medicamentos Excepcionais (Cedmex) da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Gilcélia Maria Menezes, destacou a importância da assistência do Centro de Referência para garantir que os pacientes possam aderir ao tratamento e tenham melhor qualidade de vida. “No Cedmex, prestamos assistência com quatro medicamentos de alto custo a 203 pacientes. Ao todo, são cinco medicamentos distribuídos pelo centro”, informou.

Médicos, professores, alunos de Medicina e pacientes participaram da discussão destacando a importância da conscientização sobre a doença, enfatizando que apesar de não se tratar de uma enfermidade contagiosa ainda assim sofre de profunda estigmatização. “É de fundamental importância que a população se conscientize de que os pacientes de psoríase precisam de acolhimento para minimizar os efeitos da doença em sua vida cotidiana”, falou o estudante Lucas Tafarel, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Já o paciente Sérgio Eduardo agradeceu pela acolhida no Centro de Referência e enfatizou que a doença não tem cura, mas pode ser controlada e que, com o tratamento, sua vida está praticamente normal, sem maiores problemas relacionados a enfermidade.

registrado em: , ,

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06