Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Políticas > EUA desenvolvem arma para deter mísseis norte-coreanos

Notícias

EUA desenvolvem arma para deter mísseis norte-coreanos

por publicado: 16/12/2017 22h05 última modificação: 16/12/2017 22h35
Reprodução/Internet Projeto é desenvolvido em um laboratório da Força Aérea de Kirtland, Albuquerque, no Estado do Novo México, nos EUA

Projeto é desenvolvido em um laboratório da Força Aérea de Kirtland, Albuquerque, no Estado do Novo México, nos EUA


Lioman Lima
Do BBC Mundo

Nos arredores da cidade de Albuquerque, no estado do Novo México, uma equipe de especialistas da Força Aérea norte-americana desenvolve uma arma pouco tradicional, mas que poderia ter um objetivo estratégico: deter os possíveis mísseis nucleares da Coreia do Norte. Não é um armamento qualquer. Trata-se de um tipo de arma eletromagnética que não é nociva para o ser humano (pelo menos é o que sempre garante os norte-americanos) e cuja base de funcionamento é a mesma tecnologia de um forno micro-ondas. E, segundo diversos especialistas em assuntos militares consultados pela BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, poderia ser uma alternativa para desativar as possíveis armas nucleares de Pyongyang de forma efetiva, sem gerar grandes prejuízos.

O “projeto de mísseis avançados de micro-ondas de alta potência de interferência eletrônica” (Champ, na sigla em inglês) prepara, em essência, projéteis que emitem ondas de altíssima frequência, capazes de fritar sistemas eletrônicos. Tendo em conta o estado da tecnologia no mundo moderno, em que quase tudo funciona por meios digitais, esse tipo de míssil emite micro-ondas de altíssima frequência, capaz de interromper ou inativar os equipamentos eletrônicos”, explica James Fisher, porta-voz da base Kirtland da Força Aérea norte-americana, em Albuquerque, a sede do projeto.

O espaço, que foi um dos lugares de apoio para o Projeto Manhattan (a investigação dos Estados Unidos para desenvolver a bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial e que matou milhares de pessoas inocentes), agora centra suas investigações nesse novo tipo de armamento baseado no espectro eletromagnético. “O Champ é basicamente um míssil de cruzeiro, mas sem carga, que pode ser lançado por bombardeiros B-52 e que tem um alcance de uns 1.130 quilômetros”, detalha Fisher. Mas sua utilidade como armamento transcende o propalado potencial lançamento de um míssil atômico pela Coreia do Norte.

Av. Chesf - Distrito Industrial, 451. João Pessoa - PB. CEP 58082-010
CNPJ 09.366.790/0001-06