Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Políticas > Governo conclui 1ª etapa de atualização do Plano Estadual de Recursos Hídricos

Notícias

Governo conclui 1ª etapa de atualização do Plano Estadual de Recursos Hídricos

por publicado: 14/02/2020 09h28 última modificação: 14/02/2020 09h28

 

Representantes de órgãos governamentais e não governamentais, técnicos, professores, alunos, engenheiros e especialistas da área de recursos hídricos da Paraíba lotaram o auditório da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), para participar de audiência pública para conclusão da primeira etapa do Seminário de Atualização do Plano de Recursos Hídricos do Estado. O encontro foi presidido pelo diretor de Acompanhamento e Controle da Aesa, Beranger Arnaldo de Araújo.

O evento, realizado pelo Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos e do Meio Ambiente (Seirhma) e Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), é fruto de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e ocorre em três etapas em todas as regiões do Estado durante este ano. O lançamento do documento está previsto para o mês de outubro de 2020.

Para o diretor administrativo da Aesa, Joacy Mendes, a ação é de suma importância visto que envolve atores de todo Estado de vários segmentos ligados à área, que trazem contribuições e sugestões. “Com isso vamos ter um produto com diagnóstico da situação dos recursos hídricos na Paraíba, por região, que vai nortear o planejamento e a distribuição de investimentos e ações do Governo do Estado, visando minimizar o problema da falta d’água, para atender as demandas da população”, disse Joacy.

O engenheiro agrônomo Procópio Lucena, que é membro do Comitê de Bacias Hidrográficas de Piancó/Piranhas/Açu, parabenizou a iniciativa do Governo do Estado, “como uma ação extremamente positiva, à medida que se propõe colocar uma agenda de debates com vários segmentos da sociedade sobre o tema, cumprindo a legislação que estabelece que a gestão da água deve ter participação social. O princípio da gestão pública é a participação da população, se não é privada, e um plano de recursos hídricos  responde às necessidades se a sociedade for ouvida”, observou Procópio.

De acordo com o secretário de Agricultura de Santa Rita, Sildo Moraes, que também é membro do Comitê de Bacias do Litoral, a reformulação do Plano Estadual de Recursos Hídricos é necessário e importante. “Cuidar do meio ambiente e dos recursos hídricos é responsabilidade de toda a sociedade, sobretudo dos municípios, que é onde tudo começa. Então se faz necessário saber onde estão os mananciais e fontes que abastecem sua comunidade e chamar a responsabilidade. Portanto, o Governo do Estado, com essa iniciativa, está chamando os municípios a esta responsabilidade e o compromisso de cuidar”, ressaltou.

Os seminários foram realizados nesta primeira etapa em 10 cidades de todas as regiões do Estado, tais como: Itaporanga, Sousa, Santa Luzia, Taperoá, Monteiro, Boqueirão, Areia, Pedras de Fogo, Mamanguape e João Pessoa. Os encontros objetivam discutir questões relativas aos recursos hídricos do Estado, para diagnóstico visando elaboração de cenários para os próximos, cinco, dez e vinte anos. 

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41