Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Políticas > UFPB discute crise da democracia e cria rede para investigar ditatura

Notícias

UFPB discute crise da democracia e cria rede para investigar ditatura

por publicado: 22/05/2018 00h05 última modificação: 22/05/2018 08h35
Reprodução/Pixabay A Rede Interdisciplinar de Estudos sobre Violência pretende desvelar questões da democracia além da política e do voto

A Rede Interdisciplinar de Estudos sobre Violência pretende desvelar questões da democracia além da política e do voto


Mariana Lira

Especial para a União

Nesta quarta-feira, 23, a Rede Interdisciplinar de Estudos sobre Violências (RIEV) promove o Simpósio Democracia em Crise, no auditório do Centro de Educação (CE), no campus I da Universidade Federal da Paraíba. Para participar, os interessados devem inscrever-se por meio de um formulário online. As inscrições são gratuitas e ao final, os participantes terão direito a certificado de 10h.

Conforme a professora Dra. Edna Brennand, coordenadora da RIEV, o simpósio chega em um momento importante da discussão sobre a democracia. Todavia, o evento também tem a finalidade de lançar a rede de pesquisa interdisciplinar, que está sendo realizada pela UFPB, UFSC e a Universidade de Valência, na Espanha. Essa rede pretende investigar um lado da ditadura militar brasileira que tem sido pouco estudado: os perpetradores das violações aos direitos humanos no período.

"A universidade é um ambiente propício para discussão e para busca de respostas", afirma Edna Brennand. "Acredito que as pesquisas vão ajudar a desvelar outras questões além da política e do voto. Precisamos pensar a democracia no horizonte normativo e também no horizonte empírico. Essa é a perspectiva do grupo", conclui a coordenadora.

Programação

O evento tem início às 9h, com a abertura do simpósio e lançamento da página web da RIEV. As 10h acontece a primeira mesa redonda, intitulada 'Democracia em Crise', que será mediada pela coordenadora da rede na UFPB, Edna Brennand e composta pela deputada estadual Estela Bezerra e pelos professores Delamar Volpato Dutra (coordenador da RIEV na UFSC) e Maria Creusa Borges (Centro de Ciências Jurídicas da UFPB).

No período da tarde, o tema 'Universidade e Violências' será abordado na segunda mesa redonda, que está marcada para as 15h. O momento será mediado pelo gestor administrativo da RIEV, Aloirmar José da Silva, e trará para o debate a vice-reitora da UFPB, Bernardina Freire, e os professores Emília Prestes (Centro de Educação da UFPB) e Guilherme Ataíde (Centro de Ciência da Informação da UFPB).


Para o encerramento do simpósio, haverá o lançamento do livro As origens gregas do Direito Ocidental, dos autores Eduardo de Almeida Rufino e Emmanoel de Almeida Rufino, com apresentação de Delamar Volpato Dutra.

Sobre a RIEV

A Rede Interdisciplinar de Estudos contra Violências conta com pesquisadores, doutorandos e mestrandos dos programas referidos e vem desenvolvendo, desde 2017, investigações interdisciplinares sobre violências com ênfase nos perpetradores de violações dos direitos humanos, no contexto do regime militar brasileiro.

A rede é um projeto conjunto que envolve os programas de pós-graduação da UFPB em Gestão nas Organizações Aprendentes (PPGOA), em Ciência da Informação (PPGCI), em Ciências Jurídicas (PPGCJ) e em Educação (PPGE), a Comissão de Direitos Humanos da UFPB, os programas de pós-graduação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Filosofia (PPGFIL) e Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH). E ainda conta com a participação do Instituto Universitario de Creatividad e Innovaciones Educativas (ICIE) da Universidade de Valência, Espanha.

registrado em: , , ,

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41