Contraste

Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Colunistas > Gi com Tônica (por Gi Ismael) > #86 Jogos para não precisar dividir o controle

Notícias

#86 Jogos para não precisar dividir o controle

por publicado: 07/04/2021 08h00 última modificação: 13/04/2021 12h51

 

Há pouco mais de um ano, ainda quando estávamos entrando na pandemia, escrevi aqui em minha coluna sobre alguns games que poderiam fazer a jornada de um isolamento social menos solitária. A lista estrelou jogos de diferentes estilos e diferentes plataformas, com a opção 'multiplayer' como ponto em comum. Star Wars Battlefront 1 2Mario Kart TourAgar.ioDraw It Animal Crossing foram os escolhidos como escapes divertidos (e sociais) para dias estressantes. 

Confesso que minha rotina de jogos em 2021 está bem mais parada do que no ano passado, por sua vez um período bem produtivo no qual conheci títulos excelentes (escrevi sobre alguns deles como Red Dead Redemption 2, The Last of Us - Part II Detroit: Become Human em minha coluna, você pode conferir todas em nosso portal www.auniao.pb.gov.br). Ainda assim, para dar uma diversificada nas coisas aqui em casa, compramos mais um controle e fomos atrás de títulos que podem ser jogados por até quatro jogadores ali no mesmo sofá. 

Por demandarem cada vez mais do processamento dos consoles graças aos gráficos realistas e jogabilidade complexa, poucos jogos oferecem a possibilidade de dois ou mais jogadores locais. Por isso, depois de uma boa pesquisa com test-drive incluso, separei títulos tchop! para quem quer se divertir juntinho [com aquela(s) pessoa(s) que já mora com você, claro].

1. OvercookedOvercooked 2

Se você não se importa em trabalhar sob pressão e, na verdade, até se empolga com isso, esse é o game para você. Na série Overcooked, você fica no comando de uma cozinha nas situações mais caóticas possíveis. Além de ficar ligado em quais pedidos foram feitos e preparar as receitas específicas, é preciso ainda servir os clientes, lavar os pratos, por vezes apagar incêndios e se certificar de que a comida não está queimando. Ufa! O jogo é divertido por si só, mas o modo cooperativo proporciona que você monte estratégias junto com sua família, divida funções e faça aquele maravilhoso trabalho em equipe (sou virgiana sim, por que perguntas?).

2. Katamari Damacy Reroll

Imagine tudo o que você conhece sobre Japão, do mais belo do país ao mais divertido. Katamari é uma síntese disso tudo -- uma explosão de cores, uma bela pitada "nonsense" e uma trilha sonora incrível. Não vou tentar falar qual a storyline porque não dá nem pra tentar explicar, mas o objetivo do jogo é basicamente rolar por cima de troços -- qualquer coisa -- e criar progressivamente uma bola gigante. Comece coletando formigas e termine rolando até ilhas e arco-íris. Quanto maior a sua katamari (essa bola de troços), melhor. No divertido modo batalha, você e seu amigo rolam no mesmo cenário, competindo entre quem pega mais objetos, tentando, ou destruir o que ele conquistou, ou fazer uma katamari maior do que a dele. Aquele competição gostosa, sabe? O game foi lançado originalmente para PS2 e a remasterização para o PS4 veio com gráficos atualizados e uma opção de controles simplificados.

3. Trackmania Turbo

Justamente pela evolução dos gráficos e demanda do processamento, como falei antes, hoje em dia pouquíssimos jogos de corrida oferecem um modo co-op local. Mas há salvação! Trackmania Turbo é um jogo arcade de corrida com diversos modos disponíveis, inclusive o de criar pistas. Até quatro jogadores locais podem competir em pistas de tempo ou de ordem de chegada. Não gosta do modo "versus"? Sem problema, só escolher agir em equipe no modo "dividir o volante". Achei interessante, mas enjoa logo. Pode não ser o melhor jogo de corrida da atualidade, mas sem dúvidas é uma opção divertida para dois ou mais jogadores locais. 

4. Goat Simulator

Imagina um Grand Theft Auto, mas ao invés de jogar com uma pessoa, você joga com uma cabra. É isso mesmo. Um simulador de cabras. Goat Simulator possui um mundo aberto para você correr, lamber as coisas, dar cabeçadas, escalar prédios e tudo mais que o quadrúpede supostamente faria. Descubra combinações de controles, solte poderes e seja estranho. O bagulho é louco e as gargalhadas são garantidas quando você joga com alguém ao lado (um beijo, Manu! Saudades.). 

5. Lover in a Dangerous Spacetime

A bordo de uma nave neon de guerra, você desbrava o espaço sideral buscando resgatar coelhos espaciais que foram raptados por criaturas do espaço. Melhorando a sua nave a cada fase, você pode controlar canhões, escudos, torres, lasers e turbos. Enquanto é bastante desafiador andar de um lado para o outro para comandar sozinho a nave, tal qual Overcooked, quando se joga de dois ou mais jogadores a experiência fica mais dinâmica e imersiva. Muito legal e, dessa lista, o mais deslumbrante visualmente.

Uma menção honrosa vai para Cuphead, a divertida (e dificílima) aventura em formato plataforma que citei aqui há poucos meses. O jogo é tão desgraçado que, se você acha que jogar de dois é mais fácil, achou errado. Ele dá um up na dificuldade só pela maldade. Não esqueça também que os jogos de luta continuam sendo carro-chefe nos modos "offline" dois jogadores ou mais. Um salve para Morta Kombat, King of Fighters, Injustice: Gods Among Us e Tekken! Claro, existem também os de futebol, mas prefiro me ausentar pois não tenho local de fala (não gosto mesmo). Agora é escolher um da lista, chamar quem tá junto para jogar, e agradecer aos céus que não tem mais controle com fio para a outra pessoa trapacear na partida e desligar o seu joystick só de sacanagem.

*Coluna publicada originalmente na edição impressa de 07 de abril de 2021.

BR 101 - KM 03 - Distrito Industrial - João Pessoa-PB - CEP: 58.082-010
CNPJ 01.518.579/0001-41